#210808

#672417

Pesquisar
Close this search box.
Câmara de Santa Luzia reconhece Tope do Juiz da Irmandade do Rosário Patrimônio Cultural Imaterial de Santa Luzia

Câmara de Santa Luzia reconhece Tope do Juiz da Irmandade do Rosário Patrimônio Cultural Imaterial de Santa Luzia

Data da Notícia: 3 de novembro, 2023
Última Modificação: 3 de novembro, 2023

A Câmara de Vereadores do Município de Santa Luzia, na sessão ordinária desta terça-feira, 31, reconheceu o Tope do Juiz, da Irmandade do Rosário, como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Município de Santa Luzia.

O projeto de Lei, 073/2023, de autoria do vereador Netto Lima, MDB, vem reconhecer o valor histórico, identitário e cultural do Tope do Juiz, com 151 anos de tradição em Santa Luzia e no Sertão da Paraíba.

Para Netto Lima o Tope é uma cultura ímpar no Brasil, única em sua particularidade, “há muitas cavalgadas, mas tope só existe em Santa Luzia, logo, é necessário proteger a nossa cultura, os nossos costumes, valorizando as tradições locais”, disse o vereador autor do PL.

O vereador Milton Lino disse começou a fazer parte do Tope do Juiz com 12 anos de idade, um cultura que faz parte da sua história e da sua vida, merecendo de todos reconhecimento. “Só faltei esse ano, por motivo de força maior”, disse Lino.

O vereador Galvíncio disse que desde muito novo, ainda criança, sempre participou do Tope do Juiz, e pediu mais apoio e reconhecimento para a festa, como merece, por manter e resgatar a cultura negra de Santa Luzia.

O vereador Tibério Morais afirmou que sem dúvida o projeto merece os aplausos, a aprovação e valorização por parte de todos, pois é um evento não só de Santa Luzia, mas de toda região, atraindo pessoas de vários lugares.

 

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support